Transtorno Obsessivo Compulsivo

“Toda manhã antes de sair para trabalhar tenho que verificar o gás, a porta, as torneiras fechadas, as luzes apagadas, o lençol deve ficar arrumado com perfeição. Estas verificações ocorrem repetidamente. Sinto cansaço e desgaste, mas não posso parar!”

“Existem pensamentos que se impõe em minha cabeça, parecem grudar, não consigo parar de pensar... tenho medo de me ferir e ferir os outros.”

Olá Amigos diversas pessoas identificam sintomas do transtorno obsessivo compulsivo (TOC), como verificação continua do fogão, da fechadura, de documentos, várias vezes de maneira angustiante, por horas. Preocupações excessivas com contaminação, limpeza ou simetria. Pensamentos, impulsos e imagens obsessivos insistem e intrometem-se na mente da pessoa.

Estes pensamentos perturbam a pessoa, que tenta resistir-lhes sem sucesso. O alívio surge mediante comportamentos compulsivos, repetitivos. Estes comportamentos não geram prazer e não tem utilidade, levam a prevenir eventos improváveis, que implicariam em possíveis danos para o sujeito ou que poderia ser causado por ele.

A pessoa percebe a inutilidade destes comportamentos, mas sente-se compelida a executá-los. Os portadores deste transtorno sofrem limitações na vida profissional, social e pessoal. A ansiedade é muito acentuada quando o sujeito tenta resistir a estes comportamentos compulsivos. A pessoa desenvolve muita irritabilidade consigo mesma e com os outros. A boa noticia é que existe tratamento para o TOC: Terapia Cognitiva-Comportamental (psicólogo) e acompanhamento médico.

Sintomas: Lista de Obsessões (pensamentos) e Compulsões (comportamentos):

Obsessões com agressão (medo de ferir-se ou ferir outros, medo de roubar...)

Obsessões com contaminação

Obsessões sexuais

Obsessões de armazenagem

Obsessões religiosas

Obsessões de simetria

Obsessões com corpo e doenças

Compulsões por limpeza

Compulsões de verificação

Compulsões por repetições

Compulsões de contagem

Compulsões por ordem

Compulsões por acumular/colecionar

Causas

O Transtorno Obsessivo-Compulsivo em muitos casos apresenta causas orgânicas no funcionamento e/ou na estrutura cerebral. Apresenta causas relacionadas ao contexto social que o individuo desenvolveu-se. Ambientes que transmitiram crenças de perfeição, muita crítica e excesso de exigências. Verifica-se também em ambientes muito desorganizados com ausência de regularidades fundamentais, acabam por estimular a pessoa em buscar o oposto: organização exagerada e rigor no controle de vida. Estas pessoas estabelecem uma ordem de deveres e obrigações em detrimento do prazer e da alegria de sentir suas emoções.

Como lidar com o Transtorno Obsessivo-Compulsivo?

1º Busque informação. Leia e procure entender este transtorno.

2º Diminua crenças de: perfeição, auto-exigências, cobranças excessivas, rigidez e controle excessivo.

3º Procure resistir em suas compulsões, resistindo aos poucos elas vão diminuir. Por mais que a princípio surja ansiedade.

4º Procure desenvolver flexibilidade, suavidade, calma e relaxamento. Evite o stress!

5º Compreenda a importância do diagnóstico e tratamento - os resultados são muito positivos com tratamento psicológico, através da Terapia Cognitiva-Comportamental.

*Alexandre Rivero é Psicólogo, Professor Universitário, Mestrado pela USP e Diretor Clínico do Consultório de Psicologia e Ressignificação Humana. ( www.facebook.com/riveroalexandre )

Recent Posts
Archive
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Rua Bom Pastor, 1715 - Ipiranga  São Paulo/SP  Tel: 2274-8217 ou 2915-0287

WhatsApp 11 97687 1990

 

  • Blogger App Icon
  • Facebook App Icon
insta.png

 

- Nossos Psicólogos são Supervisionados pelo Professor e Psicólogo Alexandre Rivero

- TERAPIA ON-LINE e PRESENCIAL

Copyright © 2014 Alexandre Rivero - Consultório de Psicologia Prof Alexandre Rivero