Fazer acontecer!

August 7, 2015

 

 

Amigo leitor a situação política já ultrapassou o grau de fervura com escândalos intermináveis, a economia é preocupante... e as borbulhas sinalizam uma situação de alarme: o dólar atinge patamares surpreendentes, o desemprego aumenta, a inflação impacta em nosso bolso...

 

Contudo é fundamental que você seja firme! Não se deixe envolver por esta atmosfera de crise e perder seu foco e as oportunidades que estão a sua volta. Não recrie a crise em você mesmo, no seu trabalho, no seu negócio. Procure fazer seu melhor neste momento, utilize sua criatividade! Invente novas possibilidades, entenda este momento como um grande desafio para seu fortalecimento. 

 

Busque ser mais organizado, persistente, melhor profissional, aumente sua dedicação.... Imprima atitudes que o destaquem em seu dia a dia, não se curve a crise. Esteja bem informado, sabedor da situação política, social e econômica de nosso País, mas não se paralise! Não fique “congelado” esperando soluções da classe política, aja agora! 

 

Seja protagonista de sua história, tome iniciativas novas, tente, experimente.... É bem-vindo em tempos difíceis um sorriso animador, uma nova estratégia de marketing, fazer a diferença buscando abrir novos caminhos. Lembro-me das pescarias que nos anos 60, ainda garoto, fiz com meu pai e amigos íamos pescar na Represa Billings de madrugada, aquilo era um acontecimento, mas as “picadas” de mato eram bem fechadas; levávamos lanternas para enfrentar a escuridão. 

 

Numa madrugada um senhor amigo que ia a frente se deparou com uma cobra e ficou paralisado, por alguns segundos ele olhava a cobra e a cobra parecia que o olhava, ela armou o bote e ele como hipnotizado não tomava atitude alguma. 

 

É óbvio que ela iria atacá-lo para se defender, neste exato momento outro amigo, com um facão afiado atingiu a cobra, somente neste momento o senhor percebeu o risco que correu ao ficar imobilizado diante da cobra. Assim é a crise que vivemos, precisamos sair deste “transe hipnótico” e agir com os recursos que possuímos. 

 

Entre a alienação que nega a crise e a estagnação com o cultivo de pensamentos e imagens catastróficas existe o caminho do meio: reconhecer o momento atual e agir sem cultuar o derrotismo. Força! Não se contamine pela impotência e os pensamentos negativos. Consciência e determinação para fazer acontecer a grande virada! 

 

 

*Alexandre Rivero é Psicólogo, Professor Universitário, Mestrado pela USP e Diretor Clínico do Consultório de Psicologia e Ressignificação Humana - facebook.com/riveroalexandre

 

 

Perguntas e sugestões para esta coluna: riveroalexandre@hotmail.com

Please reload

Recent Posts

August 7, 2015

July 17, 2015

July 3, 2015

July 3, 2015

June 15, 2015

Please reload

Archive
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square